, ,

O que são lipoproteínas?

Fala calouro, beleza? Você já ouviu falar o que são lipoproteínas? Do que elas são formadas? Em suma, as lipoproteínas são estruturas complexas compostas por lipídios e proteínas que desempenham um papel crucial no transporte de lipídios, como colesterol e triglicerídeos, pelo corpo. Portanto, elas são essenciais para a regulação do metabolismo lipídico. Contudo, existem diferentes tipos de lipoproteínas, cada uma com funções específicas e composição variada.

Quais são os tipos de lipoproteínas?

Quilomícrons
  • São as maiores e menos densas lipoproteínas.
  • Principais responsáveis pelo transporte de triglicerídeos da dieta do intestino delgado para diferentes tecidos.
  • Composta por alta proporção de triglicerídeos e contém quantidades menores de colesterol e proteínas.

VLDL (Very Low-Density Lipoprotein – Lipoproteína de Muito Baixa Densidade)
  • Transportam principalmente triglicerídeos sintetizados no fígado para os tecidos periféricos.
  • Compostas por triglicerídeos, colesterol, fosfolipídios e apolipoproteínas.

LDL (Low-Density Lipoprotein – Lipoproteína de Baixa Densidade)
  • Conhecida como “colesterol ruim”, pois o excesso pode depositar-se nas artérias, contribuindo para a formação de placas ateroscleróticas.
  • Transporta principalmente colesterol do fígado para as células do corpo.
  • Contém uma alta proporção de colesterol e é composta por proteínas, fosfolipídios e triglicerídeos em menor quantidade.

HDL (High-Density Lipoprotein – Lipoproteína de Alta Densidade)
  • Conhecida como “colesterol bom” por seu papel no transporte reverso de colesterol, removendo o excesso de colesterol dos tecidos e transportando-o de volta para o fígado para excreção.
  • Rica em proteínas e contém menos triglicerídeos, carregando uma alta proporção de colesterol.

a imagem mostra o que são lipoproteínas e a composição de cada uma

Composição de cada lipoproteína

  • Componentes Comuns:
    • Lipídios: incluem triglicerídeos, colesterol livre e ésteres de colesterol, fosfolipídios.
    • Proteínas: apolipoproteínas, que desempenham papéis fundamentais na estabilidade e função das lipoproteínas.
  • Diferenças na Composição:
    • Quilomícrons: altos níveis de triglicerídeos, baixo conteúdo de proteínas.
    • VLDL: contém principalmente triglicerídeos, com mais proteínas que os quilomícrons.
    • LDL: rico em colesterol, possui menos triglicerídeos, e tem proporção moderada de proteínas.
    • HDL: carrega principalmente proteínas, contendo menos triglicerídeos e um elevado conteúdo de colesterol.

A relação entre essas lipoproteínas está intimamente ligada ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Níveis elevados de LDL e baixos níveis de HDL estão associados a um maior risco de doença cardíaca, enquanto níveis equilibrados e saudáveis de lipoproteínas geralmente são desejáveis para uma boa saúde cardiovascular.

Você estudante da área da saúde, já pensou em ter acesso a uma plataforma repleta de vídeo aulas, palestras, cursos e workshops que vão aprimorar seu currículo e te destacar no mercado de trabalho? Pra saber mais é só clicar no link

Referência bibliográfica:

NELSON, David L.; COX, Michael M.. Princípios de bioquímica de Lehninger. 7 Porto Alegre: Artmed, 2019, 1278 p.